Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Um resultado que vem em boa altura
Um resultado que vem em boa altura

Apesar das condições adversas, Ricardo Melo Gouveia fez uma das melhores rondas do dia no British ...

Ler mais
Pedro Figueiredo perdeu uma posição no ranking

No primeiro de dois torneios na China, Pedro Figueiredo, tal como Filipe Lima, já com lugar assegur...

Ler mais
Leishman arrasa concorrência

Marc Leishman somou o 4º título no PGA Tour, depois de conquistar o CIMB Classic. Depois de até ...

Ler mais
Pressão sobre Harrington

Pressão sobre Harrington

Publicado em 23 de Julho de 2010 às 23:00

Pressão sobre HarringtonPadraig Harrington admitiu estar a sentir-se pressionado para garantir um lugar na equipa europeia da Ryder Cup, apesar de sentir que o seu jogo é suficiente para integrar as escolhas do capitão Colin Montegmerie. Três vezes vencedor de majors (British Open de 2008 e 2009 e PGA Championship de 2008), o irlandês, de 28 anos, não sente o sabor do triunfo desde a conquista do Irish PGA Championship em Julho do ano passado. E nem mesmo o facto de ter falhado o cut do recente British Open abalou a sua confiança. “As expectativas são enormes e reconheço que, neste momento, sinto um pouco de pressão”, admitiu Harrington. “Mas, o ano passado, consegui terminar quatorze vezes no top-10, que provavelmente é mais do que alguma vez consegui”, acrescentou. Padraig Harrington é actualmente nono na classificação da selecção europeia da Ryder Cup, que vai levar 12 homens ao Celtic Manor Resort entre os próximos dias 1 e 3 de Outubro, para o match bienal com a congénere dos Estados Unidos, mas nomes como o inglês Paul Casey e Sergio Garcia também não têm a presença garantida. “Haverá, certamente, seis ou sete jogadores que seriam convocados em Agosto último e que actualmente não estão dentro. Ninguém tem a certeza de que será escolhido, haverá muitas dúvidas. Nove qualificam-se directamente, mas, com certeza, sete/oito jogadores vão lutar pela nomeação para os restantes três lugares”, garantiu o britânico.