Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Tomás Melo Gouveia sobe ao pódio
Tomás Melo Gouveia sobe ao pódio

Tomás Melo Gouveia ficou muito perto de vencer no alemão Pro Golf Tour, ao terminar entre os 3ºs ...

Ler mais
Koepka acabou com a longa espera

29 anos depois de Curtis Strange, lá tivemos alguém que conseguisse revalidar o título no US Open...

Ler mais
O golfe português está em alta

Primeiro foi Pedro Figueiredo a vencer o KPMG Trohy do Challenge Tour na semana passada; seguiu-se, ...

Ler mais
Oporto Golf Club 120 anos

Oporto Golf Club 120 anos

Publicado em 6 de Outubro de 2010 às 23:00

Oporto Golf Club 120 anos

1890 Fundação Oporto

Charles Neville Skeffington, membro da comunidade inglesa do Porto, grande parte dela dedicada à exportação de vinho do Porto, funda o Oporto Golf Club. O campo, de nove buracos, é instalado na freguesia de Silvalde, sensivelmente a 1km de distância da antiga praça de toiros de Espinho. Tinha 2027m de distância máxima e era atravessado, no buraco 7, pela linha-férrea Lisboa-Porto. Um ano depois é criada a Taça Skeffington, o mais antigo torneio do mundo em disputa ininterrupta.

1907 Aprovação Régia

D. Manuel II joga umas quantas partidas em Espinho. Neste ano a corte dá atenção pública à modalidade, oferecendo-lhe assim a sua abonação real. Por esta altura existiam dois campos no Norte, um no Porto (cinco buracos) e um em Matosinhos (nove buracos). O Oporto Golf Club tinha apenas nove buracos (par 36).

1936 Aprovação Republicana

Com um segundo clube a funcionar perto de Espinho (Club Golf Miramar), a República dá pela primeira vez atenção pública à modalidade neste ano, oferecendo-lhe, também ela, a sua ratificação. Óscar Carmona, Presidente da República, procede à inauguração do campo de nove buracos do Grande Hotel de Vidago.

Oporto Golf Club 120 anos

O Oporto Golf Club assinalou os seus 120 anos de história. A efeméride foi comemorada com um torneio evocativo, com uma noite de gala no Clubhouse, e marcada pela entrega de troféus e homenagens, bem como a atribuição da Medalha de Mérito Desportivo, a condecoração mais alta que o responsável pelo desporto no governo, Laurentino Dias, pode conceder a um clube. “Estar na festa dos 120 anos do OGC, mais do que um dever é, para mim, um gosto”, “É um clube que se sobreviveu, tal se deve aos seus associados”, “Parabéns ao clube, na pessoa do seu presidente, Dr. Manuel Violas”.

Oporto Golf Club 120 anos

O presidente do OPG, Manuel Violas (na foto acompanhado pela esposa Helena Violas), foi condecorado pela FPG, com a Medalha da Ordem de Mérito Grau Ouro. Num discurso emocionado ressalvou a grandeza desta grande instituição nacional e a coerência secular ainda hoje vigente: “Somos um clube com tradição, somos um clube com memória”. Homenageou todos quantos serviram o clube até hoje e que têm colaborado com ele ao longo dos seus seis anos de presidência. Elogiou os jovens valores do clube pelos seus sete títulos de campeões nacionais: “Vocês foram exemplares na hora da derrota e formidáveis na vitória!”, “Que grande futuro terá o Oporto Golf Club!”, referiu enumerando os jovens campeões e os títulos conquistados.