Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Um resultado que vem em boa altura
Um resultado que vem em boa altura

Apesar das condições adversas, Ricardo Melo Gouveia fez uma das melhores rondas do dia no British ...

Ler mais
Pedro Figueiredo perdeu uma posição no ranking

No primeiro de dois torneios na China, Pedro Figueiredo, tal como Filipe Lima, já com lugar assegur...

Ler mais
Leishman arrasa concorrência

Marc Leishman somou o 4º título no PGA Tour, depois de conquistar o CIMB Classic. Depois de até ...

Ler mais
O golfe é que ganha

O golfe é que ganha

Publicado em 1 de Novembro de 2010 às 23:00

O golfe é que ganha

Não escondo que sou um fã de Tiger Woods e infelizmente, ou felizmente, o seu reinado chegou ao fim.

Depois de cinco anos e meio a liderar consecutivamente o ranking mundial, aquele que é considerado por muitos o melhor jogador de todos os tempos caiu em declínio nos últimos tempos, principalmente depois de se ter visto envolvido num escândalo sexual, que culminou com a sua separação da ex-modelo sueca Elin Nordegren.

Apesar de alguns sinais de "recuperação", o Tigre nunca mais conseguiu atingir o nível de jogo – talvez por falta de estabilidade emocional –, mas agora o desafio para recuperar o estatuto de número 1 pode ser o "clique" de que precisava. Para já, vamos ter a oportunidade de assistir, já este fim-de-semana, à sua reacção no HSBC Champions. Contudo, a motivação de Lee Westwood, o jogador mais consistente do último ano e meio, poderá ser o principal problema à "reabilitação" do Tigre. Mesmo a contas com um problema num gémeo, o inglês quererá, certamente, gozar mais umas semanas a liderança mundial, que parece estar em jogo nos próximos tempos, para gáudio dos amantes da modalidade. É que Maritin Kaymer e Phil Mickelson também têm uma palvra a dizer...