Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Miguel Gaspar salva a honra
Miguel Gaspar salva a honra

Bogeys consecutivos no 5 e no 6 impediram Miguel Gaspar de terminar o segundo dia do Open da Irlanda...

Ler mais
Melo Gouveia termina melhor

Um início tremido de Ricardo Melo Gouveia no segundo dia do Nordea Masters parecia por em causa o s...

Ler mais
Miguel Gaspar aproveita

Os três portugueses em prova esta semana no Challenge Tour bateram o Par-71 do Galgorm Castle, mas ...

Ler mais
O golfe é que ganha

O golfe é que ganha

Publicado em 1 de Novembro de 2010 às 23:00

O golfe é que ganha

Não escondo que sou um fã de Tiger Woods e infelizmente, ou felizmente, o seu reinado chegou ao fim.

Depois de cinco anos e meio a liderar consecutivamente o ranking mundial, aquele que é considerado por muitos o melhor jogador de todos os tempos caiu em declínio nos últimos tempos, principalmente depois de se ter visto envolvido num escândalo sexual, que culminou com a sua separação da ex-modelo sueca Elin Nordegren.

Apesar de alguns sinais de "recuperação", o Tigre nunca mais conseguiu atingir o nível de jogo – talvez por falta de estabilidade emocional –, mas agora o desafio para recuperar o estatuto de número 1 pode ser o "clique" de que precisava. Para já, vamos ter a oportunidade de assistir, já este fim-de-semana, à sua reacção no HSBC Champions. Contudo, a motivação de Lee Westwood, o jogador mais consistente do último ano e meio, poderá ser o principal problema à "reabilitação" do Tigre. Mesmo a contas com um problema num gémeo, o inglês quererá, certamente, gozar mais umas semanas a liderança mundial, que parece estar em jogo nos próximos tempos, para gáudio dos amantes da modalidade. É que Maritin Kaymer e Phil Mickelson também têm uma palvra a dizer...