Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

João Ramos lidera em Espinho
João Ramos lidera em Espinho

João Ramos assinou um 65 (-6) no primeiro dia do Solverde Campeonato Nacional PGA e terminou a jorn...

Ler mais
É preciso muita força de vontade...

Muitas horas no mato pode dar nisto Foto: @ForePlayPod...

Ler mais
Palavras para quê?

Um clássico!   Foto: @CallawayGolfEU...

Ler mais
A melhor dica no golfe

A melhor dica no golfe

Publicado em 20 de Dezembro de 2010 às 23:00

A melhor dica no golfeQuando questionado sobre qual a melhor dica que já teve, numa entrevista recente, Greg Norman, disse que lha deram em 1986, pouco antes de ter ganho o primeiro dos seus dois Open Championships.

Na noite antes da volta final, Norman, White Shark , estava a jantar no mesmo restaurante onde também jantava o lendário Jack Nicklaus. Dirigiu-se a ele e perguntou-lhe se ele tinha algum conselho que pudesse ajudá-lo a levantar a Claret, - a taça do British Open -, no dia seguinte.

Nicklaus simplesmente lhe disse, "deves estar consciente da tua pressão no grip". Greg teve no dia seguinte uma performance fantástica, jogou ao seu melhor nível e com naturalidade impôs-se. Ganhou o British Open de 1986 por cinco pancadas.

A melhor dica no golfe

Diz ele, hoje, que talvez tenha sido essa uma das mais valiosas dicas de golfe que já recebeu e que o ajudou a ganhar não só esse torneio, bem como muitos mais.

Esta é uma dica muito valiosa para nós, golfistas amadores, também. Quando estamos sob pressão, ou sentimos os nervos no campo de golfe, o instinto natural é elevar a tensão nas mãos. Isto tem um efeito muito negativo sobre o nosso swing de golfe. Esta pressão afecta a fluidez, ritmo, velocidade da cabeça do ferro e como este se move no momento de impacto. Ao enrijecer os dedos também ficam tensos os braços e ombros, o que nos reduz a potência e mais importante que isso, o nosso “feeling”.

Ernie Els:

"Eu acho que a elevada pressão no grip e a consequente tensão muscular, prejudicam o meu swing mais do que qualquer outro problema técnico. Se tiveres um grip muito forte, automaticamente todos os músculos acima do tronco se bloqueiam, nomeadamente os teus antebraços e ombros. Mesmo que te sintas muito forte e confiante quando estás a segurar o ferro de uma maneira agressiva, faz um esforço consciente para soltar as mãos e deixa os braços tombarem suavemente quando estás a finalizar a postura ".

Quando estiveres no driving range, treina, com pressões de grip diferentes e vê como isso afecta os teus shots. Experimenta também no teu jogo curto e putt.

A melhor dica no golfe

Sam Snead, talvez, o melhor jogador de golfe de todos os tempos, oferece-nos a melhor analogia, mais antiga e que já correu o planeta inteiro. Certamente já ouviste isto nas tuas primeiras aulas de golfe: "Agarra o ferro como se estivesses a segurar um passarinho. Não muito apertado para não o sufocares e matar, mas também não tão solto de maneira a que ele te possa fugir e voar”.

Fred Couples:

"Eu, na altura de impacto, sinto que a minha mão direita parece que está quase fora do ferro. Esta sensação dá-me uma pancada muito mais poderosa e forte na bola. Este, para mim, é o tipo certo de feeling que gosto de sentir no meu grip".

A melhor dica no golfe

Resumindo, a questão de fundo sobre a pressão no grip, é agarrá-lo suavemente, e na medida das tuas capacidades técnicas, mentais e físicas, manteres o controlo total do teu swing.

Pessoalmente, é uma das minhas dicas favoritas, e é especialmente eficaz quando estás sob pressão. Agora, saber libertar tensão no grip em alturas de grande pressão, já é outra conversa…