Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Tomás Melo Gouveia sobe ao pódio
Tomás Melo Gouveia sobe ao pódio

Tomás Melo Gouveia ficou muito perto de vencer no alemão Pro Golf Tour, ao terminar entre os 3ºs ...

Ler mais
Koepka acabou com a longa espera

29 anos depois de Curtis Strange, lá tivemos alguém que conseguisse revalidar o título no US Open...

Ler mais
O golfe português está em alta

Primeiro foi Pedro Figueiredo a vencer o KPMG Trohy do Challenge Tour na semana passada; seguiu-se, ...

Ler mais
Fitting, domina o corpo e ganha um swing

Fitting, domina o corpo e ganha um swing

Publicado em 4 de Fevereiro de 2011 às 23:00

Fitting, domina o corpo e ganha um swingQuantos de nós já não compraram os melhores ferros, bolas e equipamento de topo? Quantos de nós já não dispenderam horas e horas no Driving Range à procura do swing perfeito? Quantos de nós já não gastaram rios de dinheiro em aulas cujos resultados ficaram além do esperado?

Devemo-nos focalizar em dois conceitos básicos e que devemos reter, sempre: - O teu corpo é o teu melhor equipamento - Quem tem o swing és tu e não os tacos

O desenvolvimento e manutenção das tuas habilidades e capacidades físicas são o principal sustento para o teu crescimento como golfista. O factor chave para obteres um swing fácil, consistente, harmonioso e potente é teres um corpo saudável e fléxivel q.b. Manteres o teu corpo em forma ajudar-te-á na prevenção de lesões, que muitas vezes nos deixam fora de jogo durante bastante tempo, como são por exemplo, as arreliadoras contracturas musculares.

Fitting, domina o corpo e ganha um swingComo acima referi, a relação swing/corpo é o suporte estrutural de bons shots, isto é obviamente óbvio mas não se fique com a ideia de que o material não interessa. Sim , claro que interessa, mas somente quando bem adaptado ao nosso corpo. A esta relação dá-se o nome de FITTING. Para se bem perceber o que é o fitting dou-vos o seguinte exemplo: Imaginem umas calças tamanho 42. Se uma pessoa baixa e magra as vestir, as calças ficarão compridas e largas, se for uma pessoa alta e forte, as calças ficarão curtas e apertadas. Assim, penso que consegui transmitir a importância do fitting no caso dos tacos de golfe.

Ainda que a maior parte dos tacos padrão possam servir um grande universo de jogadores amadores, verificamos que os profissionais já não descuram este aspecto. Tomam e têm em consideração o lie (upright ou flat) dos tacos, as cabeças, as varetas, a dureza das mesmas, pois sabem perfeitamente que um mau ajustamento os levará a compensações no swing, que por sua vez originam vicios corporais e lesões e que, em último caso, podem provocar umas pancadas extras no resultado final de uma volta.

Fitting, domina o corpo e ganha um swingMais uma dica: Qual é o taco que usas mais numa volta? Esse é o primeiro que deve ser ajustado, fala com o teu professor. É extrema importância o correcto ajustamento entre o material de golfe que usamos e o nosso corpo, pois todos nós temos diferentes posturas à bola, swings diferentes, stances distintos e atacamos a bola de diferentes maneiras; cada swing é único.