Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Boas perspetivas
Boas perspetivas

Quatro portugueses tentam hoje e amanhã o apuramento para a Final da Escola de Qualificação do Al...

Ler mais
A história repete-se

Tal como há dias, João Carlota e Gary King voltaram a dar espetáculo no Pines+Corks dos Pinheiros...

Ler mais
Figueiredo ainda a adaptar-se

Pedro Figueiredo foi 48º no South African Open hosted by the City of Johannesburg. O português, q...

Ler mais
Tiger is back?

Tiger is back?

Publicado em 11 de Abril de 2011 às 23:00

Tiger is back?Há alguns anos falar de Tiger Woods era sinal de certeza, agora é sinal de incógnita.

Mas o antigo número 1 mundial parece estar cada vez mais próximo da forma que o fez dominar, durante mais de uma década, o golfe mundial.

Sem vencer desde o Australian Masters, em Novembro de 2009, e depois de um período pessoal conturbado, que conduziu ao divórcio de Elin Nordegren, o Tigre tem vindo a conseguir resultados mais consistentes e este domingo por pouco não venceu o primeiro major da temporada – foi quarto classificado no Masters.

Um resultado que agudizou ainda mais o seu apetite pelo jogo.

Hoje, Tiger Woods já esteve de regresso ao trabalho, numa clínica na China, onde a sua popularidade continua em alta.

“Joguei muito bem durante o fim-de-semana e consegui bons shots – shots que sei que consigo bater. Diverti-me imenso. Aliás, esta semana senti-me muito bem”, confessou no clubhouse do Mission Hills Dongguan, antes de prestar tributo ao seu treinador Sean Foley, com quem iniciou uma parceria durante o PGA Championship do último ano.

“As mudanças que tenho feito no meu swing começam a dar os seus frutos. Esta semana joguei bem até aos últimos buracos. Mas os primeiros nove do último dia foram bastante divertidos. É bom sentir-me de volta à discussão”, frisou. “Quando tinha 25 anos ganhava tudo, e agora com 35 não ganho nada”, brincou logo depois. Durante a clínica, Tiger Woods confessou que o putt ainda está longe do nível habitual e que o seu próximo objectivo passa por afinar o jogo curto, como que confirmando que é nesta parte do jogo que se ganham torneios.

O regresso às vitórias parece estar para breve.