Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Não se pode ganhar sempre…
Não se pode ganhar sempre…

Depois de conquistar a sua primeira vitória nos Estados Unidos, João Magalhães não conseguiu mel...

Ler mais
João Girão ainda tentou mais alguma coisa

João Girão terminou no 37º lugar do Quail Valley Intercollegiate Invitational com +2. O portugu...

Ler mais
Um resultado que vem em boa altura

Apesar das condições adversas, Ricardo Melo Gouveia fez uma das melhores rondas do dia no British ...

Ler mais
O pesadelo de McIlroy

O pesadelo de McIlroy

Publicado em 18 de Abril de 2011 às 23:00

O pesadelo de McIlroySe calhar Rory McIlroy não teria tanta fama nestas duas semanas se tivesse ganho o Masters ou o Maybank Malaysian Open do que a que propriamente teve por ter deixado escapar as respectivas vitórias.

Primeiro assinou um desastroso 80 na última volta ao Augusta National para desperdiçar uma vantagem de quatro shots e entregar de bandeja o famoso “casaco verde” a Charl Schwartzel, e depois viu o prodígio italiano Matteo Manassero, que faz hoje 18 anos, vir de trás para conquistar a segunda vitória no European Tour.

E pelo meio ainda viu os seus ferros desaparecerem na viagem de 30 horas entre a Geórgia para a Malásia.

Mesmo assim, ainda meio atordoado pelo pesadelo americano e pelo jet lag, uma segunda volta de 64 pancadas voltou a dar-lhe uma liderança de duas pancadas no final de 36 buracos.

O terceiro dia do norte-irlandês foi interrompido pelas trovoadas quando estava no 9 na mesma dois shots à frente, e no reatamento, no domingo, começou logo com um birdie no 10 para ficar com três.

Contudo, e mesmo jogando bem, McIlroy viu Manassero mostrar mais argumentos.

“Bem jogador, Manny! Que jogador para 17 anos”, escreveu no seu Twitter.

Será que o britânico vai superar um dos seus piores momentos da sua carreira?