Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Os verdadeiros campeões revelam-se no fim
Os verdadeiros campeões revelam-se no fim

Finalmente chegou o momento porque muitos esperavam. Cinco anos depois, Tiger Woods voltou às vit...

Ler mais
Melinho igualou Sergio Garcia em 7º

Tom Lewis repetiu a triunfo de 2011 no Portugal Masters e garante, desde já, um lugar no European T...

Ler mais
Figgy continua no top-15

Pedro Figueiredo cumpriu o seu maior objetivo da semana e segurou-se no top-15 do Challenge Tour. D...

Ler mais
Donald é o novo rei

Donald é o novo rei

Publicado em 30 de Maio de 2011 às 23:00

Donald é o novo reiSe 2010 já iria ser recordado como o ano de afirmação do golfe europeu, 2011 também promete!

O inglês Luke Donald tornou-se no 15º jogador a subir ao primeiro lugar do ranking mundial, o 3º europeu só nesta temporada, depois do compatriota Lee Westwood e do alemão Martin Kaymer.

E depois da morte do lendário Seve Ballesteros, parecem não faltar referências na Europa.

Tudo começou com a “queda aparatosa” de Tiger Woods.

Primeiro saiu da liderança e agora do top-10 pela primeira vez após 14 anos consecutivos.

Isso deixou espaço aberto para outros jogadores e os europeus aproveitam.

Aliás, no top-6, apenas o americano Phil Mickelson, 4º posicionado, ousa intrometer-se perante tal poderio.

Lee Westwood vinha demonstrando uma regularidade impressionante e por isso foi com naturalidade que derrubou Tiger.

Isto, apesar de nunca ter vencido um major…

Depois foi Martin Kaymer que interrompeu uma série de 17 semanas consecutivas de Westwood e liderou por oito semanas.

Mas duas vitórias consecutivas do inglês (Indonesian Masters e Ballentine’s Championship) fizeram-no regressar ao topo durante mais cinco semana.

Mas agora, num duelo épico entre Donald e Westwood, que culminou com a vitória do primeiro no play-off do BMW PGA Championship, o trono voltou a mudar de mãos.

Também sem nunca ter vencido um major, mas com uma impressionante série de nove top-10’s consecutivos, iniciada em Fevereiro, no Arizona, com a vitória no WGC – Accenture Match Play Championship, o britânico, de 33 anos, ascendeu à liderança mundial pela primeira vez na carreira.