Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

VÍDEO: Ai agora…
VÍDEO: Ai agora…

Entre as muitas alterações às regras para 2019, há uma que está a gerar polémica. Agora, um j...

Ler mais
Pedro Figueiredo eliminado

Depois de um 70 (-2) no arranque do Abu Dhabi HSBC Championship presented by EGA, Pedro Figueiredo v...

Ler mais
Tomás Melo Gouveia estreia-se com um 7º lugar

Tomás Melo Gouveia regressou hoje mais cedo ao Sokhna A+B para completar a segunda e última ronda ...

Ler mais
Será a pressão demasiada?

Será a pressão demasiada?

Publicado em 20 de Junho de 2011 às 23:00

Será a pressão demasiada?As comparações entre Rory McIlroy e Tiger Woods são inevitáveis.

Ainda para mais com a ausência de uma referência mundial, desde o envolvimento do Tigre num escândalo sexual.

Woods está sem vencer desde o Australian Masters de 2009 e a sua última vitória em majors foi precisamente um US Open em 2008.

Agora surge o norte-irlandês, há muito apontado como um dos grandes valores em ascensão.

Mas faltava-lhe vencer uma prova do Grand Slam.

E depois dos terceiros lugares no British Open e PGA Championship de 2010, surgiu endiabrado no Masters em Abril passado.

Pelo menos até à quarta ronda.

Entrou para o último dia no Augusta National na liderança com quatro shots de vantagem sobre o segundo, mas um desastroso 80 final atirou-o para o 15º lugar.

Mas agora aos 22 anos e 46 dias – fez anos no passado dia 4 de Maio – conquistou o seu primeiro major, três meses antes do recordista Jack Nicklaus ter vencido o primeiro dos seus 18.

É claro que Tiger conquistou o Masters de 1997 com 21 – o primeiro dos 14 –, mas é a maturidade com que o antigo número 1 amador tem evidenciado que deixa antever que estamos perante um novo fenómeno.

No início da última semana todos falavam da leão no joelho e no tendão de Aquiles de Tiger Wo-ods, mas agora só se fala da lufada de ar fresco trazida por Rory McIlroy…

Será que o britânico será capaz de suportar toda a pressão que agora lhe está a cair sobre os ombros?Será a pressão demasiada?

Onde é que já vimos grandes promessas do desporto serem endeusadas e depois caírem em desgra-ça?

Sergio Garcia (golfe), Jan Ulrich (ciclismo), Marat Safin (ténis), Lewis Hamilton (fórmula 1), Ri-cardo Quaresma (futebol), etc., são alguns exemplos…

A ver vamos como reage Rory…