A Golf4You precisa da tua ajuda. Faz uma pequena contribuição e ajuda-nos a levar até ti os melhores conteúdos de golfe. Obrigado :)

Últimas

Pedro Lencart vence British Boys
Pedro Lencart vence British Boys

Pedro Lencart tornou-se no segundo português a conquistar o British Boys Amateur Championship, depo...

Ler mais
Portugueses com vida difícil

Ricardo Santos, João Ramos e Gonçalo Pinto entraram com o pé esquerdo no Viking Challenge e compr...

Ler mais
Melo Gouveia sai de cena

Ricardo Melo Gouveia foi eliminado por Ashley Chesters na primeira ronda do Paul Lawrie Match Play. ...

Ler mais
Coração de Ouro

Coração de Ouro

Publicado em 31 de Outubro de 2011 às 23:00

Coração de OuroDepois de há três anos ter estado muito perto de abandonar o golfe profissional, devido a problemas de saúde, Erik Compton assegurou este fim-de-semana um lugar entre o top-25 da Money List do Nationwide Tour que assegurou o cartão do PGA Tour.

Este americano, de ascendência norueguesa, de 31 anos, que lhe viu diagnosticada uma cardiomiopatia, uma doença do músculo cardíaco que detiora a abilidade de bombear o sangue, foi obrigado ao primeiro transplante de coração, três anos depois, em 1992.

E em 2008, quando o primeiro coração começou a falhar, precisou de outro.

Após o primeiro transplante, Compton usou o golfe como forma de o obrigar a fazer exercício.

Contudo, este desporto tornou contornos muito maiores para si.

“Este jogo foi como uma reabilitação para a minha vida, onde eu não pensava nos proble-mas que tinha”, confessou.Coração de Ouro

Mas Compton sofreu um duro revés quando em Julho, enquanto disputava o AT&T National, o seu corpo rejeito o coração.

Uma situação que os médicos felizmente conseguiram controlar com medicamentos extra.

Demorou algumas semanas para reencontrar a melhor forma, mas o 18º lugar no Nati-onwide Tour Championship desta semana foi a sua melhor classificação desde a vitória no Mexico Open no início do ano.