Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Tomás Silva no Alps Tour
Tomás Silva no Alps Tour

Tomás Silva garantiu o cartão do Alps Tour, ao terminar a Final da Escola de Qualificação na 15...

Ler mais
Jamieson feliz na África do Sul

Scott Jamieson subiu à liderança do Alfred Dunhill Championship com -11. O escocês vai para a ron...

Ler mais
Nicklaus vê ameaça em Tiger

Jack Nicklaus acredita que o seu recorde de 18 majors pode estar em risco, uma vez o swing de Tiger ...

Ler mais

Factos curiosos relativos ao mundo do golfe

Publicado em 4 de Dezembro de 2010 às 23:00

Nos Estados Unidos os campos particulares estão diminuindo e os campos públicos aumentando. 26,4 milhões da população - correspondente a 11,9% do total - jogam golfe. Mais de cinco milhões são operários e 2,9 milhões aposentados.

Ao contrário do que se pensa, é um desporto onde pessoas de todas as classes, como executivos, empresários, motoristas de táxi, operadores de máquinas, misturam-se nos campos de golfe. 

. O interessado telefona, marca a hora que quer jogar e não sabe quem serão seus parceiros.

. No Japão, um título de clube chega a custar de dois a cinco milhões de dólares.

Ainda assim, há fila de espera que demora entre cinco a 10 anos para o interessado.

. No Oriente, jogar ainda é status. Em pleno deserto os árabes construíram um campo.

Se o trabalho de irrigação for interrompido por 6 meses, o campo desaparece.

. Um campo de golfe oficial ocupa de 600 mil a um milhão de metros quadrados, e custa de um e meio a cinco milhões de dólares (não computado o valor de aquisição da área).

. No Japão, onde as planícies são reservadas exclusivamente para a agricultura, especialmente para o plantio de arroz, os campos de golfe são construídos nas montanhas. Os construtores rebatem os picos das montanhas para os vales, em enormes trabalhos de terraplenagem, e um único campo chega a custar 100 milhões ou mais de dólares.

. Na Europa não há caddies (carregadores de tacos). Há carros elétricos, mas alguns jogadores preferem carregar seus tacos, como o ator Sean Connery (James Bond).

. Na reunião de 71 países em Saint Andrews, a Zâmbia esteve presente e pediu aos demais países que cedessem tacos usados para a sua população.

. Atcualmente, existem mais de 100 associações, uniões, confederações e federações de golfe no mundo filiadas à "The Royal and Ancient Club of St. Andrews".

. Em 1987, a Cosmo World Corporation investiu US$ 800 milhões na compra de um complexo hoteleiro com quatro campos de golfe e dois hotéis em Pebble Beach, na Califórnia.

. No Brasil, existem diversos campos em construção: Trancoso, Curitiba (Graciosa) e Ribeirão Preto, entre outros. Recentemente, foram inagurados campos em Búzios, Ibiúna, Mogi das Cruzes e Sauípe.

. Os títulos de clubes de golfe japoneses são cotados na Bolsa de Tóquio e o de mais prestígio é o Koganei Clube Tóquio, cujo título vale US$ 2 milhões.

. Segundo a Advertising Age, principal publicação de propaganda dos EUA, o patrocínio de competições esportivas cresceu a uma taxa média de 17% ao ano desde meados dos anos 80 em comparação com um crescimento médio anual de 7,5% dos investimentos em publicidade e 7,4% na promoção de vendas.

. O relatório da IEG Sponsorship diz que a "moda" de usar o esporte para a venda de serviços e produtos está causando uma intensa competição entre as empresas anunciantes e valorizando o preço cobrado pelas associações promotoras das competições e os atletas internacionais.

. De fato, nenhuma outra ferramenta de marketing viu um crescimento tão rápido do custo para os anunciantes. A IEG Sponsorship acredita que enquanto a mídia tradicional e as promoções estão perdendo o brilho, o marketing esportivo passa a ocupar um lugar cada vez mais importante nos orçamentos de propaganda das grandes multinacionais.

. Os investimentos das empresas em marketing com esportes incluem desde propaganda, patrocínio de competições, contratação de atletas famosos para endossar produtos, convites a personalidades, clientes e fornecedores para assistir competições esportivas, até o pagamento das despesas de viagem de delegações dessportivas.