A Golf4You precisa da tua ajuda. Faz uma pequena contribuição e ajuda-nos a levar até ti os melhores conteúdos de golfe. Obrigado :)

Últimas

Liderança tripartida no Royal Birkdale
Liderança tripartida no Royal Birkdale

Jordan Spieth, Brooks Koepka e Matt Kuchar repartem a liderança do British Open, depois de cumprime...

Ler mais
Tiago Rodrigues manda em casa

Tiago Rodrigues foi quem melhor se adaptou ao “seu” Oporto GC na estreia do Solverde Campeonato ...

Ler mais
DeChambeau qualifica-se para o British Open

Bryson DeChambeau surpreendeu tudo e todos e estreou-se finalmente a vencer no PGA Tour. O californ...

Ler mais
Polémicas à parte...

Polémicas à parte...

Publicado em 14 de Maio de 2013 às 23:00

Parece não haver grandes dúvidas quanto ao domínio de Tiger Woods em 2013. O número 1 somou a quarta vitória do ano este domingo no The Players Championship, mas houve dois momentos polémicos.

No segundo buraco da terceira ronda, o Tigre tinha um shot complicado, mas mostrou garra, tirando uma madeira do saco e provocando a loucura nos fãs que o acompanhavam. Quem não gostou foi o seu parceiro de formação, Sergio Garcia, que se desconcentrou com o barulho precisamente no momento em que se preparava para dar o seu shot. Tiger desculpou-se. “Os marshalls disseram-me que ele já tinha batido a bola. Tirei o ferro do saco e dei o meu shot. Mais tarde, ouvi os seus comentários”, disse depois de El Niño ter criticado o americano.

Mas a prestigiada revista Sports Illustraded publica declarações de Gary Anderson, um dos árbitros envolvidos no incidente. “Tiger não perguntou nada e não dissemos nada. Aliás, pedem-nos para não falar com os jogadores”, sublinhou. O seu diretor, John North,fã do Tigre, também corroborou a versão. “Não houve palavras e ele não disse nada. Decepcionaram-me essas palavras”.

Mas este não foi o único assunto que fez correr tinta.

Depois de um drop polémico no Masters, em que muita gente pediu inclusivamente a sua desqualificação, Tiger Woods voltou a ter um drop controverso.

Na liderança e com duas pancadas de vantagem, o americano bateu o seu shot para a água no 14 e dropou, obviamente com o consentimento do seu parceiro Casey Wittenberg, no ponto onde achou que a sua bola tinha cruzado a água. Mas as imagens televisivas mostram que a bola parece cruzar a água quase imediatamente…

Será que isto é suficiente para abalar o seu domínio?