Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Miguel Gaspar salva a honra
Miguel Gaspar salva a honra

Bogeys consecutivos no 5 e no 6 impediram Miguel Gaspar de terminar o segundo dia do Open da Irlanda...

Ler mais
Melo Gouveia termina melhor

Um início tremido de Ricardo Melo Gouveia no segundo dia do Nordea Masters parecia por em causa o s...

Ler mais
Miguel Gaspar aproveita

Os três portugueses em prova esta semana no Challenge Tour bateram o Par-71 do Galgorm Castle, mas ...

Ler mais
Já é tempo de fazerem as pazes

Já é tempo de fazerem as pazes

Publicado em 21 de Maio de 2013 às 23:00

Tiger Woods e Sergio Garcia nunca morreram de amores um pelo outro.

E isso ficou bem evidente na troca de palavras entre ambos após o incidente na terceira ronda do último The Players Championship, quando ambos integravam a mesma formação.

O número 1 mundial afirmou há dias que já tinha esquecido essa altercação, mas El Niño parece que não.

Na Gala do golfe europeu realizada ontem em Wentworth, à margem do BMW PGA Championship, o espanhol respondeu à pergunta se convidaria para jantar o seu rival no próximo US Open com um comentário que se pode entender como racista.

“Vamos estar juntos todas as noites e vamos jantar frango frito”, disse.

Ora, este comentário parece claramente ser de índole racista, e está a ser visto como tal pela Imprensa, uma vez que frango frito era a comida associada aos escravos americanos.

De acordo com o The Guardian, Sergio Garcia já pediu desculpa através de comunicado suportado pelo European Tour, mas Tiger respondeu na mesma via Twitter, voltando a colocar água na fervura.

“O comentário que fez não foi tonto. Equivocou-se e foi claramente inadequado. Acredito que há um arrependimento sincero nas suas palavras. O The Players já acabou há quase duas semanas e é tempo de seguir em frente e falar de golfe”, escreveu em tês tweets.

O golfe é que não sai nada a ganhar com dois grandes jogadores de costas voltadas…

 

Foto: Brad Barr/USA TODAY Sports