A Golf4You precisa da tua ajuda. Faz uma pequena contribuição e ajuda-nos a levar até ti os melhores conteúdos de golfe. Obrigado :)

Últimas

Pedro Lencart vence British Boys
Pedro Lencart vence British Boys

Pedro Lencart tornou-se no segundo português a conquistar o British Boys Amateur Championship, depo...

Ler mais
Portugueses com vida difícil

Ricardo Santos, João Ramos e Gonçalo Pinto entraram com o pé esquerdo no Viking Challenge e compr...

Ler mais
Melo Gouveia sai de cena

Ricardo Melo Gouveia foi eliminado por Ashley Chesters na primeira ronda do Paul Lawrie Match Play. ...

Ler mais
Haja dinheiro

Haja dinheiro

Publicado em 4 de Junho de 2013 às 23:00

O ministro das Finanças de Portugal, Vítor Gaspar, deve estar em pulgas para saber onde fica o filão da Nike.

Meses depois de recrutar Rory McIlroy com um megacontrato de $200M por 10 anos, o gigante desportivo americano prepara-se novamente para abrir os cordões à bolsa.

Depois de um período conturbado na carreira, Tiger Woods está definitivamente de volta. As três vitórias de 2012 já o tinham confirmado, mas as quatro que já soma este ano confirmaram o seu regresso a número 1.

E ao contrário de outros patrocinadores, a Nike, que apoia o Tigre  desde que este se tornou profissional em 1996, nunca o abandonou, mesmo quando se tornou público o escândalo sexual envolvendo o seu nome – e que acabou inclusive com o seu casamento. Agora prepara-se mesmo para lhe oferecer a renovação de contrato por tempo indeterminado, que o manterá por muitos anos no topo da lista dos golfistas com mais ganhos.

A ESPN não fala em números, mas sublinha que o acordo poderá ser anunciado ainda antes do US Open da próxima semana e recorda que o último, assinado em 2006, valeu a Tiger qualquer coisa entre $20M a $40M anuais.