Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Tudo não passou de um susto
Tudo não passou de um susto

Luke Donald teve sorte em não precisar de ir às urgências de um hospital português. É verdade ...

Ler mais
Os piores professores do mundo

Quem iria alguma vez duvidar que campeões como Padraig Harrington, Martin Kaymer, Ian Poulter ou Le...

Ler mais
Melinho soube aproveitar

Em bom tempo o European Tour criou um ranking paralelo à Race to Dubai. Ricardo Melo Gouveia termi...

Ler mais
Bridget Dwyer: A cozinheira por quem todos suspiram

Bridget Dwyer: A cozinheira por quem todos suspiram

Publicado em 16 de Junho de 2013 às 23:00

Este artigo pertence à área de conteúdos golfbabes

Bridget Dwyer despertou a atenção da Golf 4 You e mostrou qualidades para integrar a rúbrica de “miúdas mais giras do circuito”. Esta havaiana, de 32 anos – faz 33 a 16 de setembro –, deu-se a conhecer no reality show da Golf Channel “The Big Break VI: Trump National”, onde chegou à final de 18 buracos de matchplay com Brianna Vega – Veja venceu por 3/1 e ganhou um convite para jogar uma prova do LPGA Tour.

 

Solteira, com certeza não faltarão pretendentes a Dwyer, apaixonada por desportos radicais como surf ou snowboard e pela cozinha. Influenciada pelo seu pai, começou a jogar golfe aos 13 anos, embora também estivesse inscrita na equipa de futebol da Punahou School, uma escola privada do Havai. Mais tarde tirou um curso de economia em UCLA, onde recentemente Pedro Figueiredo fez a sua graduação em gestão, tendo integrado por três vezes a National Golf Coaches Association All-Schollar e sido eleita a Atleta Mais Inspiradora da universidade em 2004.

 

Desde que se tornou profissional no ano seguinte, tem tentado a sua sorte no Futures Tour, Canadian Tour, Chinese Tour e até no modesto West Coast Tour, circuito praticamente circunscrito à Califórnia, mas continua sem conseguir resultados dignos de registo. Mas pelo menos a sua beleza é de dimensão global.