A Golf4You precisa da tua ajuda. Faz uma pequena contribuição e ajuda-nos a levar até ti os melhores conteúdos de golfe. Obrigado :)

Últimas

Pedro Lencart vence British Boys
Pedro Lencart vence British Boys

Pedro Lencart tornou-se no segundo português a conquistar o British Boys Amateur Championship, depo...

Ler mais
Portugueses com vida difícil

Ricardo Santos, João Ramos e Gonçalo Pinto entraram com o pé esquerdo no Viking Challenge e compr...

Ler mais
Melo Gouveia sai de cena

Ricardo Melo Gouveia foi eliminado por Ashley Chesters na primeira ronda do Paul Lawrie Match Play. ...

Ler mais
Meghan Jade Tarmey: Com uma caddie destas é mais fácil aprender golfe

Meghan Jade Tarmey: Com uma caddie destas é mais fácil aprender golfe

Publicado em 25 de Agosto de 2013 às 23:00

Este artigo pertence à área de conteúdos golfbabes

Meghan Jade Tarmey mostrou demasiados argumentos para passar despercebida à Golf 4 You “As miúdas mais giras do circuito”. A americana, de 26 anos, não é profissional, mas é a dona da Myrtle Beach Caddy Girls.

 

 

Tudo começou em fevereiro de 2005, quando Meghan era cheerleader na Coastal Carolina e vendia shots à noite no Club Kryptonite para a ajudar a pagar os estudos. Um dos patrões do clube noturno, e golfista ocasional, convidou-a para se juntar ao grupo dele no dia seguinte no campo e conduzir o buggie.

 

 

Ao princípio Meghan, formada em comunicação e teatro, achou o convite estranho, mas de repente viu uma oportunidade de negócio. Cansada do seu ritual diário, que incluía levantar-se às 7h00 para dar uma corrida para manter a forma de cheerleader, ir às aulas, estudar, treinar, trabalhar até às 3h00 e dormir para restabelecer as energias mínimas, a também modelo fotográfica decidiu abrir uma empresa, que consiste num serviço de caddie e entretenimento, feito por jovens beldades. Um serviço, diga-se, que está a fazer furor nos Estados Unidos e que custa aproximadamente 150$ por ronda, embora haja campos reticentes a esta “ajuda” por considerar que o jogador pode-se distrair.

 

Quando souberam da sua ideia empresarial, os seus pais, também eles golfistas de fim-de-semana, acharam que ela devia ficar a conhecer mais o jogo e ofereceram-lhe uns tacos para se iniciar na prática da modalidade, ensinando-lhe pormenores básicos.