A Golf4You precisa da tua ajuda. Faz uma pequena contribuição e ajuda-nos a levar até ti os melhores conteúdos de golfe. Obrigado :)

Relacionadas

Orlando Macedo vence no Algarve
Orlando Macedo vence no Algarve

Orlando Macedo conseguiu o melhor resultado gross no Torneio do Porto Canal, que se realizou em Espi...

Ler mais
Orlando Macedo faz o tri

Orlando Macedo conquistou pela terceira vez consecutiva o Porsche Golf Cup, disputado no lindíssimo...

Ler mais
Orlando Macedo bicampeão

Orlando Macedo repetiu a vitória da primeira edição do Porsche Trophy, com um cartão de 74 panca...

Ler mais

Conteúdos Golf 4 You

Conteúdos Golf 4 You
Entrevista a Jorge Gabriel - Competir sempre e em todas as competições

Tinha combinado com o Jorge Gabriel, às 13H no Clube de Golfe de Miramar, para uma pequena entrevista. Cheguei ma... ler mais

Uma estreia agridoce

Depois de um inédito ano sem vitórias, aguardava-se com expectativa o que iria fazer Tiger Woods na sua estreia em 201... ler mais

Tiger tem Ryder Cup em perigo

Tiger Woods não conseguiu a qualificação directa para a equipa norte-americana da Ryder Cup, cuja selecção terminou... ler mais

And the winner is... Orlando Macedo

Publicado em 28 de Outubro de 2011 às 13:11
And the winner is... Orlando Macedo

Orlando Macedo abandonou a carreira de golfista amador, despedindo-se com uma brilhante vitória no 1º Golf Challenge Centro Porsche Braga.

No passado sábado, num dia em que o sol abrilhantou o seu adeus, o “mister”, como é carinhosamente apelidado, concluiu a prova com um resultado de 3 acima Gross no sempre belo percurso do Estela Golf Club.

Depois de uns front nine de grande nível, concluídos no Par, Orlando Macedo fez um bogey no 10, prontamente anulado por um birdie no 11.

Mas os nervos provocados pela despedida tomaram conta de si na parte final e fizeram com que terminasse com três bogeys consecutivos, os mesmos que levariam ao seu 75 (+3) final.

Mesmo assim, a vitória já não lhe escaparia.

Uma carreira recheada de sucessos pelos quais sempre lutou e alcançou com reconhecido mérito.

Orlando Macedo, à imagem de tantos outros natural born winners, sempre pautou a sua aprendizagem por princípios de exigência e saciou a sua sede de vitórias, sempre procurando aumentar e consolidar conhecimentos junto dos melhores profissionais de ensino.

No inicio de carreira, no Norte de Portugal, com José Maganinho, Sérgio Ribeiro e Sérgio Couto Ouroso, e numa fase posterior com assíduas deslocações ao Algarve para aperfeiçoamento de específicos movimentos técnicos leccionados em Clínicas e Academias de renome, bem como no estrangeiro com périplos pelos EUA, com Fred Griffin (um dos Top Ten-Best Profissional Coach PGA TOUR, dos Estado Unidos) e Argentina, acompanhado pelo seu personal trainer Jorge Roig (Catedrático pela Universidade Nacional de La Plata, Argentina, nas áreas de Fisiologia Aplicada ao Treino Desportivo, Nutrição e Suplementação Desportiva), onde conheceu o lendário Roberto De Vicenzo, ex-campeão do British Open, em 1967, mas mais conhecido pelo 2º lugar no Masters’1968.

A título de curiosidade, De Vicenzo ficou arredado da discussão pela vitória em Augusta, porque assinou erradamente um cartão.

Fez birdie no 17, mas o seu parceiro de jogo, Tommy Aaron, apontou Par.

E como De Vicenzo não conferiu o cartão, ficou a um shot da primeira posição, acabando impossibilitado de participar num eventual play-off de 18 buracos com Bob Goalby no dia seguinte.

Orlando Macedo retirou ensinamentos valiosos na companhia de De Vicenzo.

Este último incutiu-lhe o gosto pela parte mental e psicológica do jogo, que não foi descurada.

Assim, Orlando Macedo participou em cursos de PNL (Programação Neuro Linguística; técnica que permite ao indivíduo utilizar os recursos de comunicação interna e externa de forma mais eficiente) em Lisboa, e em vários seminários de desenvolvimento pessoal (Personal Coaching Solutions) efectuados em algumas das principais capitais europeias como Londres e Roma, junto do guru mundialmente famoso Anthony Robbins.

Como role model que foi e é para tantos jovens jogadores, Orlando Macedo, mais do que as vitórias que alcançou, contribuiu decisivamente na última década para um novo despertar na abordagem mental à modalidade em Portugal.

Cedo se apercebeu que o golfe não se jogava no campo, mas sim dentro de nós próprios, com as inerentes gestões emocionais e de resolução de conflitos internos, na relação que o jogador mantém com o próprio jogo.

Com naturalidade, mercê de uma aplicação inabalável, definindo estrategicamente objectivos, obstinado pela perfeição e numa idade não habitual, aos 48 anos, conseguiu um feito digno de registo na história do Golfe Nacional: ser Scratch.

Tal era o seu talento que foi convidado para jogar vários Pro-Am de Open's de Portugal, bem como o do Portugal Masters, onde no último ano integrou a equipa do jovem prodígio Matteo Manassero, juntamente com Joel Neto e Diogo Louro.

Obteve dezenas de vitórias em torneios Nacionais (no Oporto, Miramar, Estela, Ribagolfe, Millenium, Old Course, Montebello, Ponte de Lima, entre outros) e muitos Internacionais, dos quais destacamos os 1ºs lugares em Macau, com 1 acima gross e em Sotogrande, Espanha, no Par do campo.

"Pode-se vencer pela inteligência, pela habilidade ou pela sorte, mas nunca sem trabalho" - A. Destoef

 

O último troféu


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para mais tarde recordar



Ads

Redes sociais

Facebook
Encontra-nos no
Facebook
Contacta-nos
geral@golf4you.pt

Imagens do dia

  • O antigo capitão da Seleção Nacional de futebol, Luís Figo, já deu os parabéns ao mais recente campeão do Masters

Foto: Twitter de Luís Figo
  • Ricardo Melo Gouveia tem lugar reservado no BMW PGA Championship desta semana

Foto: Facebook de Ricardo Melo Gouveia
  • Rory McIlroy lamentou no seu Twitter não se poder juntar aos seus amigos Jordan Spieth, Rickie Fowler, Justin Thomas e Smyley Kaufman na viagem às Bahamas, mas já tinha planeado umas férias com a noiva Erica Stoil

Foto: golfchannel.com
  • Apesar da chuva que caiu no primeiro dia do Open do Texas, este pato foi persistente e esperou pacientemente no green no 18

Foto: Scott Halleran/Getty Images
  • Arnold Palmer já não joga, mas o seu legado continua e os melhores jogadores do mundo fazem questão de marcar presença no Invitational do “King”, que este ano contou com a presença de Ricardo Melo Gouveia

Foto: Sam Greenwood/Getty Images

A imagem do dia será sempre algo a recordar e que de mais simbólico tenha acontecido hoje no mundo do golfe.

Imagens da semana