Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Relacionadas

Os verdadeiros campeões revelam-se no fim
Os verdadeiros campeões revelam-se no fim

Finalmente chegou o momento porque muitos esperavam. Cinco anos depois, Tiger Woods voltou às vit...

Ler mais
Tiger Woods quer manter registo

Com uma liderança de três shots à entrada para a última volta do Tour Championship, pode dizer-s...

Ler mais
Tiger Woods não cede

O dia de amanhã promete! Com 18 dos 30 jogadores do Tour Championchip abaixo do Par, e os líderes...

Ler mais
Tiger em grande forma

Tiger Woods voltou a dar sinais de que o regresso às vitórias está mais perto e terminou o primei...

Ler mais
Chuva atrasou vitória de Bradley

Depois de dois triunfos consecutivos de Bryson DeChambeau, Kegan Bradley foi o vencedor da terceira ...

Ler mais

Conteúdos Golf 4 You

Conteúdos Golf 4 You
Kristie Smith: O futuro está sempre garantido

Os atributos de beleza e desportivos valeram a Kristie Smith a inclusão na rúbrica da Golf 4 You “As miúdas mais gi... ler mais

Blair O’Neal: Vamos fazer um concurso de Longest Drive?

A Golf 4 You encontrou mais uma rapariga que se enquadra perfeitamente na rúbrica “miúdas mais giras do circuito”.... ler mais

Jaye Marie Green: Um passo de cada vez

Jaye Marie Green é a escolhida desta semana da rúbrica da Golf 4 You “As miúdas mais giras do circuito”. A americ... ler mais

Scott e Dufner ofuscam as estrelas

Publicado em 9 de Março de 2012 às 16:19
Scott e Dufner ofuscam as estrelas

Depois de ter terminado o Honda Classic com um eagle para entregar um cartão de 62 pancadas na ronda final, aguardava-se com enorme expetativa aquilo que Tiger Woods iria fazer na estreia do WGC – Cadillac Championship.

E o eagle com que abriu a sua performance no TPC Blue Monster, em Doral, a nova excentricidade do milionário Donald Trump – já prometeu investir $200M na renovação do percurso – aguçaram ainda mais o apetite.

Mas o entusiasmo esfumou-se rapidamente, com o antigo número 1 a não se adaptar ao vento, a falhar vários fairways e a tentar evitar o pior do rough.

E a terminar, o Tigre leu mal uma linha para o chip do 18 e acabou por assinar um bogey no seu cartão de 72 pancadas (Par), o mesmo score de Phil Mickelson que lhe dá a 25ª posição.

“Foi um dia difícil. O vento soprou forte e tornou esta ronda bastante desafiadora”, vincou.

Quem não pareceu abanou com o vento foi Adam Scott e Jason Dufner.

O australiano e o americano repartem a liderança com 66 pancadas (-6), menos duas do que Thomas Bjorn e Charl Schwartzel.

Scott, de 31 anos, não revelou falta de ritmo, apesar desta ter sido apenas a sua sexta ronda do ano – definiu não viajar tanto este ano e passar mais tempo a treinar o seu jogo.

A um mês do Masters, e mesmo em condições adversas, o aussie mostrou-se sólido do tee ao green.

“Quando estamos no fairway num dia como estes, temos mais hipótese de colocar a bola perto do buraco. Se vamos para o rough, é mais complicado colocar a bola no green. Aproveitei muito bem os bons shots que dei…”, afirmou Scott.

Dufner até fez um bogey no 18, mas isso foi a meio da sua ronda.

“É mais fácil acabar no 9 do que no 18”, frisou.

A formação mais mediática foi, contudo, aquela que integrava os três primeiros do ranking mundial: Rory McIlroy, o novo número 1, Luke Donald e Lee Westwood.

Mas foi o 70 (-2) de Donald o melhor resultado deste trio.

“Joguei bem e estou muito satisfeito com o meu putting. Se estou bem nos greens o resto do jogo flui”, disse o inglês.

Já Rory McIlroy, que não foi além de um 73 (+1) na sua primeira ronda como líder da hierarquia, reconheceu ter-se sentido “um pouco nervoso”, mas o dia foi “complicado”.

“Amanhã espero estar melhor”, confessou.

Lee Westwood, que tal como Donald pode voltar a ser número 1 com uma vitória em Miami, fez um 76 (+4).

O vento de Doral é capaz de arruinar uma ronda a qualquer momento.

Dois exemplos flagrantes foram Steve Stricker e Sergio Garcia.

O primeiro seguia empatado na liderança até fazer tês bogeys nos últimos seis buracos, enquanto o segundo estava a apenas um shot do primeiro lugar à entrada para o 12º green e entregou um 75 (+3) – cinco bogeys e duas bolas no lago do 18 para um triplo bogey.

Consulta a classificação aqui.

 

Foto: Getty Images

Vídeos

Existe um vídeo associado a esta notícia

Ver vídeo
Vídeo da notícia

Ads

Redes sociais

Facebook
Encontra-nos no
Facebook
Contacta-nos
geral@golf4you.pt

Imagens do dia

  • O antigo capitão da Seleção Nacional de futebol, Luís Figo, já deu os parabéns ao mais recente campeão do Masters

Foto: Twitter de Luís Figo
  • Ricardo Melo Gouveia tem lugar reservado no BMW PGA Championship desta semana

Foto: Facebook de Ricardo Melo Gouveia
  • Rory McIlroy lamentou no seu Twitter não se poder juntar aos seus amigos Jordan Spieth, Rickie Fowler, Justin Thomas e Smyley Kaufman na viagem às Bahamas, mas já tinha planeado umas férias com a noiva Erica Stoil

Foto: golfchannel.com
  • Apesar da chuva que caiu no primeiro dia do Open do Texas, este pato foi persistente e esperou pacientemente no green no 18

Foto: Scott Halleran/Getty Images
  • Arnold Palmer já não joga, mas o seu legado continua e os melhores jogadores do mundo fazem questão de marcar presença no Invitational do “King”, que este ano contou com a presença de Ricardo Melo Gouveia

Foto: Sam Greenwood/Getty Images

A imagem do dia será sempre algo a recordar e que de mais simbólico tenha acontecido hoje no mundo do golfe.

Imagens da semana