Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Relacionadas

Spieth resiste à chuva
Spieth resiste à chuva

Depois da forte chuva que caiu na primeira ronda e obrigou à suspensão da mesma – Tiger Woods ne...

Ler mais
O Tigre está na área

Depois de um 20º lugar no Farmers Insurance Open de Torrey Pines, com quatro voltas abaixo do Par ...

Ler mais
Mickelson como peixe na água

Phil Mickelson confirmou hoje a vitória no AT&T Pebble Beach Pro-Am pela quinta vez, depois de ...

Ler mais
VÍDEO: McIlroy desafiado por Jimmy Fallon

Rory McIlroy foi um dos convidados do The Toningh Show starring Jimmy Fallon. Abordou vários temas...

Ler mais
Tiger deu a benção a Rickie Fowler

Rickie Fowler “sobreviveu” a um dia estranho e conquistou finalmente o Waste Management Phoenix ...

Ler mais

Conteúdos Golf 4 You

Conteúdos Golf 4 You
Stormi Henley: Golfe batido pelas passerelles e pela música

Não, infelizmente Stormi Henley não passeia a sua beleza frequentemente nos greens do LPGA Tour, mas não deixa de ter... ler mais

Ferros NIKE VR_S Forged

Quem como eu testa e escreve sobre tanto material de golfe, quando recebe um novo produto para testar já não sente a e... ler mais

O segredo dos campeões

Graeme McDowell e Jonas Blixt foram os mais fortes esta semana no European Tour e PGA Tour, respetivamente. Analisando o... ler mais

Scott e Dufner ofuscam as estrelas

Publicado em 9 de Março de 2012 às 16:19
Scott e Dufner ofuscam as estrelas

Depois de ter terminado o Honda Classic com um eagle para entregar um cartão de 62 pancadas na ronda final, aguardava-se com enorme expetativa aquilo que Tiger Woods iria fazer na estreia do WGC – Cadillac Championship.

E o eagle com que abriu a sua performance no TPC Blue Monster, em Doral, a nova excentricidade do milionário Donald Trump – já prometeu investir $200M na renovação do percurso – aguçaram ainda mais o apetite.

Mas o entusiasmo esfumou-se rapidamente, com o antigo número 1 a não se adaptar ao vento, a falhar vários fairways e a tentar evitar o pior do rough.

E a terminar, o Tigre leu mal uma linha para o chip do 18 e acabou por assinar um bogey no seu cartão de 72 pancadas (Par), o mesmo score de Phil Mickelson que lhe dá a 25ª posição.

“Foi um dia difícil. O vento soprou forte e tornou esta ronda bastante desafiadora”, vincou.

Quem não pareceu abanou com o vento foi Adam Scott e Jason Dufner.

O australiano e o americano repartem a liderança com 66 pancadas (-6), menos duas do que Thomas Bjorn e Charl Schwartzel.

Scott, de 31 anos, não revelou falta de ritmo, apesar desta ter sido apenas a sua sexta ronda do ano – definiu não viajar tanto este ano e passar mais tempo a treinar o seu jogo.

A um mês do Masters, e mesmo em condições adversas, o aussie mostrou-se sólido do tee ao green.

“Quando estamos no fairway num dia como estes, temos mais hipótese de colocar a bola perto do buraco. Se vamos para o rough, é mais complicado colocar a bola no green. Aproveitei muito bem os bons shots que dei…”, afirmou Scott.

Dufner até fez um bogey no 18, mas isso foi a meio da sua ronda.

“É mais fácil acabar no 9 do que no 18”, frisou.

A formação mais mediática foi, contudo, aquela que integrava os três primeiros do ranking mundial: Rory McIlroy, o novo número 1, Luke Donald e Lee Westwood.

Mas foi o 70 (-2) de Donald o melhor resultado deste trio.

“Joguei bem e estou muito satisfeito com o meu putting. Se estou bem nos greens o resto do jogo flui”, disse o inglês.

Já Rory McIlroy, que não foi além de um 73 (+1) na sua primeira ronda como líder da hierarquia, reconheceu ter-se sentido “um pouco nervoso”, mas o dia foi “complicado”.

“Amanhã espero estar melhor”, confessou.

Lee Westwood, que tal como Donald pode voltar a ser número 1 com uma vitória em Miami, fez um 76 (+4).

O vento de Doral é capaz de arruinar uma ronda a qualquer momento.

Dois exemplos flagrantes foram Steve Stricker e Sergio Garcia.

O primeiro seguia empatado na liderança até fazer tês bogeys nos últimos seis buracos, enquanto o segundo estava a apenas um shot do primeiro lugar à entrada para o 12º green e entregou um 75 (+3) – cinco bogeys e duas bolas no lago do 18 para um triplo bogey.

Consulta a classificação aqui.

 

Foto: Getty Images

Vídeos

Existe um vídeo associado a esta notícia

Ver vídeo
Vídeo da notícia

Ads

Redes sociais

Facebook
Encontra-nos no
Facebook
Contacta-nos
geral@golf4you.pt

Imagens do dia

  • O antigo capitão da Seleção Nacional de futebol, Luís Figo, já deu os parabéns ao mais recente campeão do Masters

Foto: Twitter de Luís Figo
  • Ricardo Melo Gouveia tem lugar reservado no BMW PGA Championship desta semana

Foto: Facebook de Ricardo Melo Gouveia
  • Rory McIlroy lamentou no seu Twitter não se poder juntar aos seus amigos Jordan Spieth, Rickie Fowler, Justin Thomas e Smyley Kaufman na viagem às Bahamas, mas já tinha planeado umas férias com a noiva Erica Stoil

Foto: golfchannel.com
  • Apesar da chuva que caiu no primeiro dia do Open do Texas, este pato foi persistente e esperou pacientemente no green no 18

Foto: Scott Halleran/Getty Images
  • Arnold Palmer já não joga, mas o seu legado continua e os melhores jogadores do mundo fazem questão de marcar presença no Invitational do “King”, que este ano contou com a presença de Ricardo Melo Gouveia

Foto: Sam Greenwood/Getty Images

A imagem do dia será sempre algo a recordar e que de mais simbólico tenha acontecido hoje no mundo do golfe.

Imagens da semana