Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Relacionadas

Ainda dizem que o golfe não é um jogo de equipa
Ainda dizem que o golfe não é um jogo de equipa

Com algum sofrimento de início, a Europa acabou por bater tranquilamente os favoritos Estados Unido...

Ler mais
Europa em vantagem

Depois de uns foursomes encorajadores na sexta-feira à tarde (4-0), a Europa entrou a todo o gás n...

Ler mais
Estados Unidos vencem Ryder Cup

Os Estados Unidos voltaram a conquistar a Ryder Cup, depois de derrotarem a Europa por 17-11. Apesa...

Ler mais
Europa a três pontos dos Estados Unidos

A tarefa europeia de revalidar o título na Ryder Cup ficou mais complicada. Depois de terminarem o...

Ler mais
Europa não baixou os braços

Os Estados Unidos terminaram o primeiro dia da Ryder Cup a vencer por 5-3. A Europa, que procura im...

Ler mais

Conteúdos Golf 4 You

Conteúdos Golf 4 You
Ronney aguentou até ao limite

O avançado do Manchester United e da Selecção de Inglaterra Wayne Rooney resolveu aproveitar uma folga concedida po... ler mais

Golfe para todos

Aprende-se mais sobre nós próprios numa volta de 18 buracos do que em 18 anos de vida. A afirmaç&at... ler mais

Morgan Pressel: Uma força adormecida

Morgan Pressel é a última aquisição da rúbrica “As miúdas mais giras do circuito”. A americana, atualmente com... ler mais

Europa dá corretivo à tarde

Publicado em 28 de Setembro de 2018 às 17:35
Europa dá corretivo à tarde

Arrancou hoje no Le Golf National de Paris mais uma edição da Ryder Cup.

Os Estados Unidos dominaram os fourball da manhã (3-1), mas a Europa conseguiu uma reviravolta sensacional nos foursomes da tarde (4-0) e terminou o primeiro dia na frente por 5-3.

 

Fourballs (melhor bola)

 

A equipa de Jim Furyk, apontada como favorita a revalidar o título conquistado há dois anos em Hazeltine, entrou forte, embora só Dustin Johnson e Rickie Fowler conseguissem demonstrar essa superioridade pela manhã, com um triunfo por 4/2 sobre Rory McIlroy e Thorbjorn Olesen.

Brooks Koepka e Tony Finau apenas conseguiram bater Justin Rose e Jon Rahm no último buraco (1 up), num resultado idêntico aquele conseguido por Justin Thomas e Jordan Spieth frente a Paul Casey e Tyrrel Hatton, mesmo após uma recuperação espetacular dos europeus, após un 3 down em 10 buracos.

Mas os homens de Thomas Björn não atiraram a toalha ao chão e contaram com uma inspirada dupla, Francesco Molinari/Tommy Fletwood, para reduzir para 1-3, com um triunfo por 3/1 sobre Tiger Woods e Patrick Reed, depois de vencerem cinco e empatarem dois dos últimos sete buracos.

Mesmo assim foi o melhor registo dos Estados Unidos desde 1989, numa edição que terminou 14-1, suficiente, contudo, para a Europa manter o troféu…

 

Foursomes (pancadas alternadas)

 

Já sem Tiger Woods, a Europa dominou por completo à tarde, somando por vitórias os quatro matches disputados.

No primeiro, Henrik Stenson jogou ao lado de Justin Rose para vencer a dupla Dustin Johnson/Rickie Fowler por 3/2.

Ian Poulter e Rory McIlroy até perderam dois dos primeiros três buracos, mas a reação foi poderosa e terminou com um sólido 4/2 sobre Bubba Watson e Webb Simpson.

Mais acentuado foi o ascendente de Sergio Garcia e Alex Noren.

Os europeus venceram sete dos primeiros nove buracos frente a Phil Mickelson/Bryson DeChambeau e fecharam com um autoritário 5/4.

Francesco Molinari e Tommy Fleetwood estão a revelar-se uma arma de luxo, aplicando também um 5/4 a Justin Thomas e Jordan Spieth.

 

Foto: Getty Images

Ads

Redes sociais

Facebook
Encontra-nos no
Facebook
Contacta-nos
geral@golf4you.pt

Imagens do dia

  • O antigo capitão da Seleção Nacional de futebol, Luís Figo, já deu os parabéns ao mais recente campeão do Masters

Foto: Twitter de Luís Figo
  • Ricardo Melo Gouveia tem lugar reservado no BMW PGA Championship desta semana

Foto: Facebook de Ricardo Melo Gouveia
  • Rory McIlroy lamentou no seu Twitter não se poder juntar aos seus amigos Jordan Spieth, Rickie Fowler, Justin Thomas e Smyley Kaufman na viagem às Bahamas, mas já tinha planeado umas férias com a noiva Erica Stoil

Foto: golfchannel.com
  • Apesar da chuva que caiu no primeiro dia do Open do Texas, este pato foi persistente e esperou pacientemente no green no 18

Foto: Scott Halleran/Getty Images
  • Arnold Palmer já não joga, mas o seu legado continua e os melhores jogadores do mundo fazem questão de marcar presença no Invitational do “King”, que este ano contou com a presença de Ricardo Melo Gouveia

Foto: Sam Greenwood/Getty Images

A imagem do dia será sempre algo a recordar e que de mais simbólico tenha acontecido hoje no mundo do golfe.

Imagens da semana