A coisa não está fácil…

No momento em que o segundo dia do Joburg Open foi interrompido devido à trovoada, nenhum dos três portugueses se encontrava dentro do cut provisório.

A um shot estava Pedro Figueiredo, o único a ter concluído a jornada, beneficiando do facto de ter jogado de manhã, que começou com dois bogeys nos primeiros cinco buracos, mas quatro birdies, três nos segundos 9, resultariam num cartão de 69 pancadas (-2).

Em campo estavam ainda Ricardo Santos e Stephen Ferreira.

O primeiro até cumpriu os primeiros 9 em -3 – três birdies consecutivos do 12 ao 14 –, mas sairia do Randpark GC com uma sequência parbogeybirdieduplo no arranque da segunda metade.

Stephen Ferreira, que tal como os seus compatriotas também saiu do tee do 10, estava a ter um dia complicado, com apenas um birdie, quatro bogeys e um duplo.

Foto: Getty Images

Eventos relacionados

Mais sobre Joburg Open