Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Tomás Silva no top-20
Tomás Silva no top-20

Tomás Silva foi o melhor português na estreia da nova temporada do Alps Tour. Apesar de uma entra...

Ler mais
Muita qualidade no Egipto

Os portugueses não estão a deixar os seus créditos por mãos alheias no Ein Bay Open, prova inaug...

Ler mais
Tiger sabe como se vence um WGC

O Chapultepec GC recebe o primeiro World Golf Championship do ano. E falar de World Golf Championsh...

Ler mais
Profissionais nacionais

Profissionais nacionais

Publicado em 7 de Dezembro de 2010 às 23:00

Profissionais nacionaisJoaquim Sequeira, como tantos outros profissionais nacionais, começou desde bem cedo a sua caminhada pelo golfe. Por volta dos 14 anos era usual vê-lo a caddie no Dom Pedro Golf Club. Mais tarde também colaborou na loja de golfe do Dom Pedro, juntamente com Tony Barnabé.

Em 1979 esteve em Inglaterra durante seis meses e teve formação no Dale Hill Golf Club. A aprendizagem teve dois pontos de enfoque: Ensinamentos ao nível da gestão de jogo e a reparação de equipamento de golfe. Por esta altura, Sequeira, melhorou bastante o seu inglês e evidenciou todo o seu carisma junto dos membros do Dale Hill, tornando-se uma personagem bastante popular e bem disposta no D.H.G.Club.

Enveredou pelo profissionalismo em 1981 e passado uns anos estabeleceu-se como profissional residente no Vilamoura Marinotel. No final da década de 80 foi nomeado Profissional do Clube no prestigiado Old Course em Vilamoura. Foi um ponto alto na carreira de Joaquim Sequeira, pois o Old Course é um dos mais famosos campos no Algarve. Digamos que foi o culminar e o reconhecimento pelo seu fantástico trabalho árduo e dedicação à modalidade e ao ensino.

Tive a felicidade de ser ensinado pelo Joaquim Sequeira durante uma semana aqui há meia dúzia de anos no Old Course, e digo-vos: Com ele é para trabalhar. E é para trabalhar a sério, não há tempos mortos e ou pausas para relaxar. Lembro-me perfeitamente que fazia uma transição de peso bastante preguiçosa e o Joaquim Sequeira não me largava, parecia uma abelha à volta de mel. Quem pagou foi o meu tornozelo esquerdo, pois tive que fazer gelo durante dois dias.

Profissionais nacionais

Old Course, Vilamoura

É um apaixonado pelo golfe, pelo trabalho, pelo ensino; é uma referência no ensino nacional.