Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Tomás Silva no top-20
Tomás Silva no top-20

Tomás Silva foi o melhor português na estreia da nova temporada do Alps Tour. Apesar de uma entra...

Ler mais
Muita qualidade no Egipto

Os portugueses não estão a deixar os seus créditos por mãos alheias no Ein Bay Open, prova inaug...

Ler mais
Tiger sabe como se vence um WGC

O Chapultepec GC recebe o primeiro World Golf Championship do ano. E falar de World Golf Championsh...

Ler mais
Resposta no campo

Resposta no campo

Publicado em 10 de Janeiro de 2011 às 23:00

Resposta no campoGraeme McDowell está motivado para ser um dos melhores jogadores do mundo. Foi uma das razões invocadas para a troca de ferros Cleveland por Srixon. E depois de um início sem chama no Hyundai Tournament of Champions, primeira prova da temporada do PGA Tour, terminou em grande ao assinar um 62 (-11) para igualar o recorde do Plantation Course, no Havai, e concluir a prova no 3º lugar, a um shot do vencedor. “Provei ao mundo que não fui ingénuo quando troquei de ferros”, disse o norte-irlandês no final, satisfeito com o seu novo material. E aliás, depois de uma temporada sensacional, a mudança de equipamento surpreendeu muita gente, colocando ainda uma maior pressão sobre o homem do Ulster. Mas McDowell garante que se sente bem com o novo material. E isso é o mais importante. É mesmo muito importante. Colocares-te à bola e sentires-te confortável é bastante importante para conseguires dar um bom shot. Por vezes, mais importante que todo a técnica que trabalhas-te no driving range.Resposta no campo Quantas vezes já não te aconteceu experimentar um drive, uma madeira, um ferro ou um sand wedge novo e ficares encantado, a pensar: “Com um taco destes venceria todas as provas!” E para jogadores deste nível,a confiança é o mais importante. Saber jogar, todos sabem, e um taco visualmente apelativo pode fazer toda a diferença.