Encontra a Golf 4 You nas principais redes sociais e ajuda-nos a promover o Golfe Português Golf 4 You no Facebook Facebook Golf 4 You no LinkedIn LinkedIn

Últimas

Tomás Silva no top-20
Tomás Silva no top-20

Tomás Silva foi o melhor português na estreia da nova temporada do Alps Tour. Apesar de uma entra...

Ler mais
Muita qualidade no Egipto

Os portugueses não estão a deixar os seus créditos por mãos alheias no Ein Bay Open, prova inaug...

Ler mais
Tiger sabe como se vence um WGC

O Chapultepec GC recebe o primeiro World Golf Championship do ano. E falar de World Golf Championsh...

Ler mais
Um Tiger diferente

Um Tiger diferente

Publicado em 13 de Março de 2012 às 23:00

Afinal, a lesão de Tiger Woods não é tão grave como se pensava…

O antigo número 1 do mundo confirmou na sua conta do Twitter que deverá recomeçar a bater bolas ainda esta semana e que deverá mesmo jogar o Arnold Palmer Invitational da próxima.

Tiger retirou-se na última ronda do WGC – Cadillac Championship, após bater o tee shot do 12 depois de as dores no seu problemático tendão de Aquiles esquerdo se terem tornado insuportáveis.

Mas estas atualizações do seu estado de saúde confirmam que a sua presença no Masters, daqui a três semanas, onde vai tentar continuar a perseguir o recorde de 18 vitórias em majors de Jack Nicklaus – tem 14 –, está fora de perigo.

A sua decisão de abandonar um torneio, 10 meses depois da sua retirada do The Players, com este mesmo problema, revelam que o Tigre está mais calculista do que no passado.

É certo que já não tinha hipóteses de vencer no TPC Blue Monster, em Doral, mas quem não se lembra da sua vitória no US Open de 2008, apesar de duas fraturas na perna, contrariando as ordens de médico para se retirar, ou a vitória no Bay Hill Invitational de 2003 por 11 pancadas, depois de uma intoxicação alimentar…

Será que o Tigre vai surgir no Augusta National menos determinado?

Ou será que ele quis apenas proteger-se para surgir neste primeiro major da temporada 2012 em grande forma?

A ver vamos…

 

Foto: Wilfredo Lee/AP