Há coisas mais importantes na vida

Brandon Matthews tinha um putt de menos de um metro para tentar prolongar o playoff para um quarto buraco de desempate no Open da Argentina, quando um adepto gritou.

Matthews falhou o putt, perdeu a oportunidade de vencer o torneio do PGA Tour Latinoamerica e com isso um lugar no field do British Open do próximo ano, no Royal St. George.

“Estive bem nos greens durante toda a semana e não tinha dúvidas que ia meter mais este”, disse o americano de 25 anos,

“Mesmo no momento do putt, alguém gritou e falhei. Fiquei mesmo frustrado”, contou.

“Quando já estava no balneário, um dos árbitros veio ter comigo e disse que era um homem de meia idade, com síndrome de Down,

A história até podia ter terminado aqui, mas Matthews.

“Quis ter a certeza que ele não se iria ficar a sentir mal com a situação”.

Voltou ao campo para lhe dar um abraço, ofereceu-lhe uma luva assinada, uma bola e ainda conversou um pouco com ele.

“Nasci à volta destas pessoas com necessidades especiais porque a minha mãe trabalhava numa associação quando eu era criança”, confessou.

“Ainda só tenho 25 anos e uma longa carreira à minha frente”, sublinhou, desvalorizando o incidente.

https://www.instagram.com/p/B5AwxrXAauF/

Foto: @pgatourla

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *