Oportunidade difícil de recusar

Pela primeira vez nos últimos 30 anos, Phil Mickelson vai falhar o Phoenix Open para jogar o polémico Saudi International do European Tour.

Com data coincidente com o torneio do PGA Tour – 30 de janeiro a 2 de fevereiro -, o esquerdino, que venceu por três ocasiões no TPC Scottsdale, optou por juntar-se ao campeão  Dustin Johnson, ao número 1 Brooks Koepka, Tony Finau, Patrick Reed, Shane Lowry, Henrik Stenson e Sergio Garcia.

Criticado por essa decisão, Lefty respondeu no seu Twitter.

Mickelson deixou entender que no próximo ano deverá regressar a Phoenix.

O torneio da Arábia Saudita tem sido questionado devido à questão dos direitos humanos praticados naquele país árabe, sobretudo depois do alegado envolvimento do governo na morte do jornalista Jamal Khashoggi no ano passado.

Foto: Getty Images

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *