Portugueses dão cartas

Motivado pelo triunfo na Finlândia, Filipe Lima entrou a toda a velocidade no Made in Denmark Challenge – Presented by FREJA.

Apesar do frio da manhã, um eagle no Par-5 do 1, seguido de dois birdies colocaram o português rapidamente nos lugares da frente.

Filipe Lima abrandou o ritmo e só voltou a fazer a diferença no arranque dos mais back nine, com mais dois birdies (10 e 12).

O tempo começou a piorar, o que obrigou mesmo à interrupção da prova, e bogeys consecutivos, no 16 e 17, acabaram por fazer-lo cair alguns lugares, até à 32ª posição, onde também terminou Vítor Lopes.

Rui Frazão

O jogador do CG Vilamoura, que vem de dois top-10 no Alps Tour, também se apresentou em bom nível no Silkeborg RY Golfklub (Ry Course), assinando cinco birdies e apenas um bogey.

Facebook de Tiago Cruz (Profissional de Golfe)

Tiago Cruz teve um início mais comedido, mas depois de um bogey no 9, deu uma resposta imediata com dois birdies, antes de um eagle 3 no buraco 12.

Destaque também para os hole-in-one de Manuel Trappel e Matt Ford, ambos no buraco 13, e Chris Hanson no 18.

Foto: Getty Images

Eventos relacionados

Mais sobre Made in Denmark Challenge - Presented by FREJA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *