Ricardo Santos continua a prometer

Ricardo Santos voltou a bater o Par nos dois primeiros dias, mas tal como no Gran Canaria Lopesan Open da semama passada falhou o cut.

Mesmo com dois duplos na quinta-feira, o português entregou um 70 (-1), ao qual juntou um cartão de 69 pancadas (-2), para ficar a um shot de conseguir o cut no Tenerife Open.

Filipe Lima (71+71) e Pedro Figueiredo (72+72) foram igualmente eliminados.

Dean Burmester dominou no Golf Costa Adeje e colocou um ponto final num hiato de quatro anos sem triunfos, após a vitória no Tshwane Open’2017.

O sul-africano, que terminou com um 62 (-9), totalizou -25 e deixou o principal rival a cinco pancadas.

Foto: Lusa

Eventos relacionados