Ricardo Santos e Filipe Lima passaram o cut

Após as duas primeiras rondas do Kenya Savannah Classic, Ricardo Santos  (68+68+72+72) e Filipe Lima (68+70+74+73) pareciam capazes de ir mais além.

No entanto, não conseguiram fazer a diferença nos últimos 36 buracos e acabaram no 67º e 72º lugares, respectivamente.

“Estou um pouco desiludido com o sucedido nos últimos dois dias, mas foram muitas voltas de golfe nas últimas três semanas e agora tenho de me focar e trabalhar nas coisas que correram menos bem”, disse à Lusa Ricardo Santos, depois de terminar com um agregado de -4.

Filipe Lima (+1) diz que” joguei o meu melhor golfe desde que cheguei ao Quénia há 15 dias, mas o resultado não correspondeu”.

“Não tive muita sorte nos greens e no putt, mas estive muito bem nos outros aspetos do jogo”, garantiu.

Reuters

Pedro Figueiredo (76+73) é que voltou a não conseguir encontrar-se no Par-71 do Karen Country Club e falhou o cut.

Já com sete triunfos no Sunshine Tour, Daniel Van Tonder, de 30 anos, estreou-se a vencer no European Tour, após bater Jazz Janewattananond no play-off.

European Tour

O sul-africano (65+64+70+64) e o tailandês (66+68+65+64) terminaram empatados em -21 ao fim de quatro rondas.

Foto: AFP

Eventos relacionados