Ricardo Santos em piloto automático

Ricardo Santos voltou a mostrar serviço no Challenge Tour e a continuar assim, dificilmente deixará escapar a oportunidade de conseguir um dos 15 cartões de acesso ao European Tour, via ranking.

Depois do 2º lugar no Czech Callenge e a vitória na Suíça, o português, que iniciou a semana como número 2 da hierarquia, terminou a primeira jornada do Hauts de France na 11ª posição, ele que foi 3º no ano passado e 2º em 2017.

Com três birdies e dois bogeys, Ricardo Santos entregou um cartão de 70 pancadas (-1) e está a apenas três shots dos líderes Daan Huizing e Chris Hanson.

Filipe Lima também costuma dar-se bem no Aa Saint-Omer GC, mas desta vez não foi feliz

No palco onde já venceu em 2004, ainda sob bandeira francesa, e 2016 (Najeti Open) – e foi 2º em 2009 –, começou por assinar três bogeys consecutivos de entrada.

Um birdie no quarto buraco do dia voltou a recolocá-lo em jogo, mas os quatro bogeys dos back nine acabaram mesmo por comprometer o seu lugar no cut.

Numa ronda que chegou a estar interrompida pela forte chuva, destaque para o hole-in-one de Francesco Laporta.

Foto: European Tour

Eventos relacionados

Mais sobre Hauts de France Pas de Calais Golf Open

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *