Tomás Silva volta a finalizar com um birdie

Tomás Silva terminou o Abruzzo Open no 13º lugar, empatado com o austríaco Clemens Gaster e o espanhol Javier Ballesteros, filho do grande ‘Seve’.

Tal como nos dois primeiros dias, o campeão nacional concluiu a sua ronda da melhor maneira, assinando um birdie no último buraco.

O cartão de 69 pancadas (-2) deixou-o com -7, a dois shots do top-10.

Já o prémio de 797,33€ fez-lo subir uma posição na Ordem de Mérito do Alps Tour, para 16º.

Vítor Lopes é que parecia empenhado em conseguir qualquer coisa de diferente nesta última jornada, mas viu o seu trabalho esplêndido nos primeiros oito buracos – quatro birdies – ser travado por um triplo no Par-5 do 9 e um bogey no 12.

Acabou com 71 pancadas (Par) no Miglianico G&CC, para ficar no grupo dos 25ºs classificados, com -4.

O espanhol Sebastian Garcia Rodriguez (66) venceu com -16 e dois shots de vantagem sobre o italiano Edoardo Lipparelli (65).

Foto: Facebook de Tomás Santos Silva

Eventos relacionados

Mais sobre Abruzzo Open

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *