Woodland acaba em beleza

À 31ª tentativa, Gary Woodland juntou finalmente o seu nome à lista de campeões de majors, ao conquistar o US Open em Pebble Beach.

O americano, que tinha apenas dois top-10, ambos no PGA Championship, um deles este ano – e o outro em 2018 –, fechou com um birdie no 18 e somou assim o seu quarto título no PGA Tour.

Com quatro nos primeiros cinco buracos, Brooks Koepka ainda tentou  a sua sorte para um terceiro título consecutivo, mas terminou a três shots do primeiro lugar e o escocês Willie Anderson continua a ser o único a conseguir esse feito entre 1903 e 1905.

Pelo contrário, apesar de ter iniciado o último dia a somente uma pancada do líder, Justin Rose até começou com um birdie, mas não conseguiu pressionar Woodland – fez três bogeys nos back nine – e acabou entre os 2ºs classificados.

AP Photo

Uma palavra de destaque para Viktor Hovland, campeão do US Amateur do ano passado, que na próxima semana faz a sua estreia como profissional no Travelers Championship.

Ao terminar no 12º lugar com 280 pancadas (-4), o norueguês superou o melhor resultado de um amador na prova, até agora pertença de Jack Nicklaus, com 282 em Cherry Hills, em 1960.

Foto: USA TODAY Sports

Eventos relacionados

Mais sobre U.S. Open

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *